default-logo

Comportamento de consumo dos turistas na pós-pandemia será mais exigente e consciente

motorola 2016 549

A pergunta que não quer calar é: “Como será o Turismo na pós-pandemia?”. O assunto tem gerado diversas reflexões e debates entre especialistas e instituições da área, que já apontam algumas tendências. Dentre elas, está o Sebrae, que lançou um estudo sobre o novo comportamento dos viajantes após a crise do COVID-19.

Tomando-se como base o isolamento social imposto pelos governantes para evitar a propagação do vírus e o comportamento de consumo, o Sebrae conclui que os turistas darão mais importância a destinos com menos aglomeração, que ofereçam atrativos ao ar livre e contato com a natureza. Neste cenário, ganharão vantagens os destinos e negócios turísticos que adotarem novas e eficientes práticas de segurança com relação à saúde.

Outro ponto em destaque são as atividades em família. A instituição indica que pensar em experiências que estimulem atividades de convivência e interação nos meios de hospedagem, alimentação e atrativos do destino estarão em alta após a pandemia.

Aperfeiçoar recursos e ferramentas digitais ao oferecer serviços e experiências aos consumidores, que estarão ainda mais conectados virtualmente, serão elementos fundamentais no Turismo pós-coronavírus. Neste sentido, plataformas como o Birdymee ganham ainda mais relevância ao estimularem um turismo real via aplicativo.

Por fim, o estudo do Sebrae conclui que os consumidores têm valorizado empresas que despertem empatia com seu público, que os tratem como seres humanos ao compreenderem os seus sentimentos e necessidades, além de terem consciência sustentável. O Turismo deverá agir cada vez mais com responsabilidade social, ao mesmo tempo em que desperte experiências inovadoras em um ambiente que respeite o planeta.

 

 

Deixe um comentário

*